MIOMA UTERINO X INFERTILIDADE

Frequentemente somos questionados sobre a relação entre miomas uterinos e infertilidade.

As perguntas mais frequente são :

– Eu tenho miomas, vou ter dificuldade para engravidar?

– Miomas são causa se infertilidade?

– Preciso operar o mioma para poder engravidar?

Hoje vamos conversar sobre algumas destas duvidas frequentes.

 

Atualmente conhecemos muitas causas de infertilidade, as principais são:

– Endometriose

– Disfunções hormonais (Síndrome dos ovários policísticos, hiperprolactinemia)

– Disfunção / obstrução das tubas uterinas decorrentes de doenças infecciosas pélvicas (DIPA)

– Variações da anatomia do útero (útero septado, útero bicorno)

– Leiomiomas  (miomas uterinos)

– Endometrites (infecciosas e auto imunes)

– Doenças auto imunes (lúpus eritematoso sistêmico, síndrome antifosfolipideo)

– Doenças hematológicas (trombofilias)

– Alteração na função da glândula tireoide (hipotireoidismo, hipertireoidismo)

– Alteração na forma, quantidade, motilidade e vitalidade dos espermatozóides

– Infertilidade de causas desconhecidas

Como vocês viram, existem muitas causas de infertilidade descritas pela literatura médica atualmente. Frequentemente encontramos associação de duas ou mais causas de infertilidade, exemplo (hipotireoidismo,miomas e endometriose).

Segundo a literatura médica atual o leiomioma uterino (mioma uterino) é causa de infertilidade em aproximadamente 5% dos casos, ou seja, em apenas 5% de todos os casos de infertilidade o leiomioma uterino é considerado como causador do problema.

O leiomioma uterino (mioma uterino) pode causar infertilidade quando:

– Ocupar toda cavidade endometrial impedindo a implantação e desenvolvimento do embrião

– Levar a alteração da anatomia uterina

– Levar a obstrução das tubas uterinas

– Impedir a passagem do espermatozoide

Segundo artigo publicado na revista Obstetrics & Gynecology and Reproductive Biology em fevereiro de 2015, com titulo Identifying pacientes who can improve fertility with myomectomy , a remoção dos miomas é benéfica nas pacientes com infertilidade sem causas adicionais e a cirurgia deve ser recomendada para estas pacientes. Outro dado apresentado neste artigo é que as taxas de gravidez foram maiores nas pacientes submetidas a miomectomia quando não apresentavam outras causas adicionais de infertilidade.

Conclusão:

– Muitas são as causas de infertilidade descritas pela literatura atual.

– Os miomas uterinos são causadores de infertilidade (sem outras causas adicionais) em aproximadamente 5% dos casos.

– O mioma é causador de infertilidade em algumas situações especificas.

– Mulheres com infertilidade e miomas sem outras causas adicionais podem apresentar benefícios e aumento das taxas de fertilidade quando submetidas a remoção dos miomas.

Atenção:

As informações contidas neste blog tem caráter apenas informativo e elucidativo.

O médico especialista deve sempre ser consultado para orientar o tratamento.

As situações devem ser individualizadas e tratadas conforme a orientação do médico especialista.

Texto escrito por Dr. Rogério Tadeu Felizi, médico ginecologista e obstetra, especialista em cirurgia ginecológica e cirurgia minimamente invasiva.

Visite nossos blogs

www.mioma.blog.br

www.cirurgiaginecologica.blog.br

www.endometrioseabc.blog.br

www.cirurgiarobotica.blog.br

www.drrogeriofelizi.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *